​Acompanhamento obrigatório do Bolsa Família deve ser feito até esta sexta-feira

Beneficiários do programa Bolsa Família têm até esta sexta-feira (29/12) para fazerem o acompanhamento obrigatório da área da saúde referente ao segundo semestre do ano. O descumprimento pode acarretar advertências ou até mesmo o bloqueio...

83 0

Beneficiários do programa Bolsa Família têm até esta sexta-feira (29/12) para fazerem o acompanhamento obrigatório da área da saúde referente ao segundo semestre do ano. O descumprimento pode acarretar advertências ou até mesmo o bloqueio do benefício.

Os usuários devem comparecer em uma das sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Arujá com o cartão do Bolsa Família e o cartão SUS, além da carteirinha de vacinação das crianças menores de sete anos de idade. No caso das grávidas, o cartão da gestante também é necessário.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Arujá, apenas 37% das famílias beneficiárias já realizaram o acompanhamento obrigatório até o momento. Atualmente, o município conta com 3.186 famílias que recebem o Bolsa Família.

Exigências

Por exigência do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o registro nutricional com o controle de peso e a verificação da carteira de vacina de crianças, idosos e gestantes são fundamentais para as pessoas beneficiadas continuarem no programa.

Entre outras obrigações para a manutenção do programa, as crianças e jovens devem ter frequência escolar mínima de 85% e o crescimento e o desenvolvimento acompanhados até os 7 anos de idade. Jovens precisam ter 75% de presença nas aulas e as gestantes não podem deixar de fazer o acompanhamento do pré-natal.

Mulheres de 14 a 44 anos também devem buscar o atendimento. No caso das que estão em fase de amamentação, acompanhar a saúde do bebê e a própria são outras obrigações.​​


Participe da conversa