​Mutirões de saúde realizam 1,4 mil atendimentos em 2017

0
39

Promovidos nas sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município durante o ano, os mutirões de Papanicolau e mamografia resultaram em 1.412 atendimentos em 2017, sendo 956 coletas de Papanicolau e 456 solicitações de mamografia. O balanço foi apresentado pela Secretaria de Saúde de Arujá.

A partir de janeiro, a Pasta irá divulgar programação dos mutirões para 2018. A iniciativa é realizada sempre aos sábados, das 8 às 13 horas, com o objetivo de atender as mulheres que não conseguem ir ao médico durante a semana, em razão de compromissos como trabalho e estudos.

Por que fazer os exames?

Os mutirões consistem numa política pública de saúde que visa, sobretudo, à prevenção ao câncer no colo do útero e ao câncer de mama. Além de prevenir, há a possibilidade de se diagnosticar a doença de maneira precoce, o que eleva a qualidade do tratamento e a chance de cura.

O câncer de mama, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Já o câncer no colo do útero é o terceiro tumor mais frequente na população feminina e a quarta causa de morte por câncer no Brasil.

Para quem é indicado?

O Papanicolau é indicado a quem tem de 25 a 64 anos, mas pode ser estendido a mulheres de qualquer faixa etária, exceto quem não iniciou a vida sexual. O exame é feito na hora. Já a mamografia, que deve ser agendada, é indicada para quem tem entre 40 e 69 anos. As mulheres que realizaram os exames há menos de um ano não têm necessidade de refazê-los, a menos que haja um pedido médico.​

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui