Alteração no regimento interno, posse de Jaime Siunte e projeto para autistas marcam a sessão da Câmara de Suzano

0
51

A sessão ordinária de ontem (28) da Câmara de Suzano foi marcada por três assuntos. O primeiro deles foi a apresentação de um projeto de Resolução de autoria da Mesa Diretiva da Casa de Leis que prevê falta e desconto no subsídio do vereador que não estiver presente em qualquer votação da Ordem do Dia.

A explicação dos vereadores Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho; Antonio Rafael Morgado (PDT), o professor Toninho Morgado; e Max Eleno Benedito (PRP), o Max do Futebol, é que, por diversas sessões, foi observado que alguns parlamentares marcam a presença eletrônica durante o Expediente e não participam da Ordem do Dia, o que prejudica o andamento dos trabalhos do Legislativo, já que, para algumas votações, há a necessidade de quórum especifico, como ocorreu na sessão da semana passada.

Como esta propositura trata sobre alteração do Regimento Interno, não pode ser votada em regime de urgência. Por isso, a partir de hoje (29) ela tramitará pela Casa e ainda não conta com data para votação.

Votação

O segundo assunto em destaque da sessão foi a aprovação, por unanimidade, do projeto de lei de autoria do vereador professor Toninho Morgado que obriga os estabelecimentos públicos e privados da cidade a inserirem nas placas de atendimento prioritário o símbolo mundial do autismo.

Além disso, os parlamentares optaram por manter o veto dado pelo Executivo a um projeto do vereador Lisandro Frederico (PSD) e aprovaram dois projetos de autoria da administração municipal, um de autoria do vereador José Silva de Oliveira (MDB), o Zé Lagoa, e quatro moções de aplauso.

Afastamento

Já o terceiro assunto em destaque foi que o vereador José Carlos de Souza Nascimento (PTB), o Zé Pirueiro, protocolou ontem (28) um pedido de afastamento, sem remuneração, por 30 dias, para tratar de assuntos particulares. O primeiro suplente, Jaime Siunte (PTB), assumiu a cadeira de Zé Pirueiro.

Não houve tempo regimental para discursos na Tribuna Livre. Isso porque foram lidos e aprovados aproximadamente 200 requerimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui