Artistas locais esbanjam qualidade com shows de diversidade de estilos

0
13

         A qualidade dos músicos, das apresentações e do repertório dos artistas locais chamaram a atenção de quem passou pelo Centro Residencial no fim de semana de shows em comemoração ao aniversário de Arujá. Tanto no palco principal quanto no alternativo, os grupos da cidade e municípios vizinhos fizeram bonito e animaram o público.

         Uma forma de valorizar a produção artística e os talentos regionais, a participação destes grupos é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e do Conselho Municipal de Políticas Culturais que passou por inscrição e show de avaliação até a definição dos grupos que subiriam aos palcos do Centro Residencial.

         Do rock ao pagode, as atrações aconteceram antes dos shows de Paula Fernandes, Jeito Moleque e Maneva.

         A responsabilidade de abrir caminho para outros grupos locais ficou por conta do Ateliê Banda Show, na noite de sexta-feira, 8 de junho.

         Já no sábado, Bia Matos fez um show com cara e qualidade de profissional que fez o público cantar e dançar do sertanejo ao funk. A cantora foi seguida de Willian Borges e seu cover de sambas e pagodes. Sucessos de Raça Negra foram os que mais mexeram com os espectadores.

         O encerramento dos artistas locais no primeiro fim semana da festa foi realizado pelas bandas Recover e Lion Bless. A primeira, por exemplo, levou ao palco os sucessos do CPM-22, enquanto a segunda fez um reggae diante de um público fã do estilo musical e que esperava para assistir o Maneva.

Visibilidade

         Representante do Conselho Municipal de Políticas Culturais no evento, Helder Luiz de Araujo Coutinho falou da importância do espaço cedido aos artistas da cidade. “Foi uma via de mão dupla. Os artistas gostaram muito da organização, com horário de passagem de som, espaço para se aclimatarem até o momento de executarem os shows com toda a diversidade e qualidade dos grupos”, disse.

         Ele também elogiou a presença destes artistas no palco principal da festa, uma reivindicação da classe artística. “Funcionou bem. Acho importante porque dá mais visibilidade para os talentos da cidade também”, concluiu.

         Guitarrista da banda Lion Bless, Silvio Coelho elogiou a qualidade da organização. “Sou músico há mais de 24 anos tocando por aí e foram rara as vezes em que tive a oportunidade de tocar com essa qualidade de som, tanto para nós no palco como para quem ouviu a banda. Na minha opinião toda a equipe responsável está de parabéns. São profissionais de primeira”, disse.

Próximos shows

         Na sexta-feira (15), as apresentações locais ficam com Contos e Causos, às 20 horas, e da dupla Gilson Costa e Odilon, às 21h30. As apresentações seguem no sábado, com o Rota 180º Gospel, e no domingo, com Delta Fratis e Capitão Taverna, às 21h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui