Arujá // Ciro Dói é questionado sobre obra viária no Mirante

0
126

O secretário de Obras, Ciro Dói, esteve na Câmara para prestar esclarecimentos sobre a obra viária iniciada no Mirante, que pretende interligar as rodovias Albino Neves (Estrada de Santa Isabel) e Presidente Dutra e que foi alvo de denúncia de crime ambiental feita pelo vereador Renato Caroba. O parlamentar flagrou máquinas trabalhando no bairro em uma área de proteção. Árvores estariam sendo derrubadas e uma nascente também teria sido atingida.

Ao ser confrontado pelo vereador Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, Ciro disse que “jamais cometeria crime ou usaria a sua idade (ele tem 73 anos) para se livrar de suas responsabilidades”. Ele disse que chegou a apresentar à Cetesb uma certidão do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) informando que em Arujá não há patrimônio a ser considerado. O órgão não teria aceito o documento.
Caroba perguntou sobre a existência ou não de licença para a obra. Ciro respondeu: “Não há licença. O processo está tramitando na Cetesb”, reconheceu.

Repercussão

Durante a sessão ordinária, Paraíba Car, Renato Caroba e Rafael dos Santos Laranjeira criticaram a postura de Ciro Dói.
O Legislativo aprovou dois requerimentos – os de número 273 e 274/17, no qual Caroba solicita posição oficial da Prefeitura sobre o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui