Arujá // Depois de roubar e atropelar vítima no Barreto, homem é morto por policiais em Guarulhos

Foi sepultado em Arujá, no último domingo, Anderson Ferreira, 30 anos, morto em confronto com policiais militares na rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos. Ele conduzia uma caminhonete Hilux, que havia sido roubada no Barreto, depois...

2422 0

Foi sepultado em Arujá, no último domingo, Anderson Ferreira, 30 anos, morto em confronto com policiais militares na rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos. Ele conduzia uma caminhonete Hilux, que havia sido roubada no Barreto, depois de ter atropelado propositalmente o condutor, e estava sendo seguido por viaturas que atendiam a ocorrência.

Segundo o boletim, efetuado no 4º DP de Guarulhos, policiais da VTR 15030 estavam em patrulhamento nas imediações do KM 19 da Ayrton Senna quando ouviram as informações e constataram que a Hilux que passava por eles tinha exatamente a placa correspondente à ocorrência em Arujá.

O condutor, ao perceber que estava sendo seguido, começou a reduzir a velocidade e em dado momento parou, saindo do veículo com uma arma em punho. Ele teria efetuado um disparo em direção à viatura e, no revide, acabou sendo atingido por dois disparos no tórax e abdômen. Anderson chegou a ser socorrido ao Hospital Geral de Guarulhos, mas não resistiu. Outro desconhecido estava dentro da caminhonete e fugiu após a confusão.

Em Arujá

Na noite do dia 27, segundo as informações constantes no boletim de ocorrência, Anderson teria subtraído de um morador do Rodrigo Barreto a Hilux ENF 4262. O roubo aconteceu na Rua Zulmira Isabel de Moura e consta que a vítima do roubo teria sido atropelada pelo condutor. Este teria passado com o carro sobre a cabeça da vítima, a qual foi socorrida ao hospital, em, Mogi das Cruzes, onde permanece internada em estado grave.


Participe da conversa