Cadáver com marcas de tortura é encontrado às margens da Mogi-Dutra

1140 0

O cadáver de um homem pardo, aparentando 37 anos, foi encontrado na manhã de ontem às margens da rodovia Mogi- Dutra, nas imediações da Fiat. Ele estava enrolado num cobertor e a ausência de sangue no local sugere que a vítima pode ter sido morta em outro local sendo desovada na estrada.

À princípio, a equipe do Instituto de Criminalística de Guarulhos, que atendeu a ocorrência, constatou que o homem tinha as mãos amarradas às costas com fio de naylon e tinha sinais de estrangulamento com corda, além disso, ele tinha lesões nas mãos e no pescoço, feitas com objeto perfurante.

No local também foi encontrada uma cápsula de pistola calibre 380, todavia, o perito não observou perfurações à bala. Nenhum documento foi encontrado com a vítima ou objeto que ajude na identificação. Este homem vestia camiseta preta e calça de moleton também na cor preta. O corpo seguiu para o IML de Guarulhos, onde aguarda identificação.
A Delegacia de Arujá inicia investigação sobre o homicídio.

In this article

Join the Conversation