Câmara abre concurso para preencher doze cargos e garantir mais qualidade no atendimento ao público

Até o dia 20 de novembro, as pessoas interessadas podem se inscrever para o concurso público promovido pela Câmara Municipal e que disponibiliza 12 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Segundo o...

210 0

Até o dia 20 de novembro, as pessoas interessadas podem se inscrever para o concurso público promovido pela Câmara Municipal e que disponibiliza 12 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Segundo o presidente da Casa, Abel Franco Larini, o Abelzinho, a medida visa preencher o efetivo administrativo do Legislativo e proporcionar mais qualidade no atendimento à população.

O concurso está sob a responsabilidade da empresa SH Dias, vencedora do processo licitatório e as provas estão previstas para o dia 10 de dezembro. “Nossa intenção é chamar já em fevereiro 80% dos que forem selecionados, desde procurador geral à recepcionista”, esclareceu Abelzinho. Ele destacou que a realização do certame não representa gastos ao Legislativo. “Tudo é feito pela empresa”, disse.

Para ele e para o vice-presidente da Casa, vereador Rafael Laranjeiras, a medida parte de um consenso entre os vereadores e atende também uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que determina a todas as Câmaras ter um efetivo maior de funcionários concursados do que comissionados . “Já tivemos uma readequação em 2013, inclusive com a redução do número de assessores para os vereadores. Agora o quadro está equilibrado e estamos preenchendo cargos da parte administrativa para ampliar o atendimento e a qualidade” acrescentou o presidente.

O vereador Rafael Laranjeiras lembra que esta é uma boa oportunidade para a população que está desempregada ou que deseja estabilidade. “Aqueles que se empenham para realizar as provas e obterem aprovação podem ter ai sua grande oportunidade. Porque o processo é absolutamente idôneo. Tanto que a SH Dias é a mesma empresa que realizou o concurso passado, que foi muito bem organizado, e executado sem qualquer queixa dos participantes”, ressaltou.

As pessoas devem acreditar no concurso público como uma chance de obter um bom emprego e obter estabilidade que é o que todo mundo mais quer num momento de crise como este”, completou Abelzinho.

Cargos

Os cargos que serão preenchidos mediante concurso são os seguintes: Nivel fundamental Auxiliar de Serviços Gerais (2) e Motorista Legislativo (2). Nível médio – Auxiliar Administrativo (4), Auxiliar de Informática (1) e Recepcionista Legislativo (2) .Nível superior – Procurador Legislativo (1). A remuneração varia de R$ 1.200 a R$ 4.000 e inclui benefícios como auxílio-alimentação/refeição; auxílio-transporte, convênio médico e adicional por tempo de serviço (2% da referência salarial ao ano).

Para os cargos de nível fundamental o valor das inscrições é R$ 35; para os de nível médio, R$ 55, e superior, R$ 75. A prova escrita está prevista para o dia 10/12/2017 (domingo). O Termo de Convocação confirmando data, horário e local da prova será divulgado até 28/11/2017.

As inscrições devem ser feitas Via Internet pelo site www.shdias.com.br até até às 23h59 do dia 20/11/2017. A prova escrita está prevista para 10/12/2017 (domingo). O Termo de Convocação confirmando data, horário e local da prova será divulgado até 28 de novembro.

Quem quiser poderá se inscrever para mais de um emprego, pois as provas serão realizadas em períodos e/ou dias diferentes

Espaço Cidadão

Um das iniciativas que a Câmara poderá concretizar após a contratação de novos auxiliares para a parte administrativa é a implantação do Espaço Cidadão, ou seja, um local equipado com computadores, onde as pessoas poderão realizar consultas a serviços básicos sem precisar diretamente do gabinete de um vereador. Conforme explicou o vereador Rafael Laranjeira, por lei esse tipo de ajuda, de acordo com a lei, não pode ser prestada pelos gabinetes, mas pode ser concretizada através de um setor específico da parte administrativa. “Já conversei com o vereador Abelzinho e estamos estudando a viabilidade a partir da contratação dos novos auxiliares”,disse.


Participe da conversa