Cras Recanto Mônica forma mais uma turma no curso de padaria artesanal

0
132

Encerramento do curso contou com a presença da secretária de Desenvolvimento Social, Joerly Nakashima; Inscrições para nova turma serão abertas no dia 3 de abril

A 17ª turma do curso de padaria artesanal do Centro de Referência de Assistência Social – Cras Recanto Mônica de Itaquaquecetuba foi concluída nesta segunda-feira (26/03). Os 55 alunos foram parabenizados pela secretária de Desenvolvimento Social, Joerly Nakashima, a dona Jô.

O evento de encerramento das aulas se concretizou através de um animado encontro que aconteceu nas dependências do CRAS, onde era possível ver pães e doces que os formandos aprenderam a fazer durante o curso que tem duração de um mês. Eles ainda assistiram uma palestra sobre empreendedorismo.

Dona Jô fez questão de apreciar e degustar as comidas e desejou boa sorte neste novo ciclo que se inicia para os alunos que agora se tornaram profissionais. “Primeiro parabéns pela dedicação de todos vocês em concluírem o curso. É uma nova fase na vida profissional e tenho certeza que irão se sair muito bem. Fico feliz em ver que os cursos com foco na geração de renda que implantamos estão dando resultados positivos ao beneficiar a população”, concluiu.

A coordenação do CRAS Recanto Mônica já adiantou que serão abertas inscrições para o curso de padaria artesanal no dia 3 de abril, a partir das 8 horas. Serão oferecidas 80 vagas, sendo 40 para o período da manhã e 40 para tarde. O projeto é voltado à população de baixa renda em que são ensinados a elaboração de vários tipos de pães, salgados e doces, bem como todo o processo de embalagens.

O CRAS Recanto Mônica fica na Rua Governador Ademar Pereira Barros, 222, bairro Horto do Ipê. O telefone é o 4753-4517.

CURSOS A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social desenvolve amplo projeto de capacitação profissional gratuita voltada aos munícipes. Além dos cursos dos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS, a pasta conta ainda com a ‘Casa Aberta para Juventude e Adultos’, onde também são ofertados cursos e, também com a parceria do Fundo Social de Solidariedade, que possui polos com capacitação profissionalizante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui