Decreto permite à Prefeitura de Suzano retirar vasos que acumulam água em cemitérios

0
27

Objetivo é evitar que esses recipientes sirvam de criadouro para o Aedes aegypti e garantir a segurança sanitária de funcionários e da comunidade

Já está em vigor o decreto municipal que autoriza a Prefeitura de Suzano a retirar vasos e outros recipientes que acumulem água dos jazigos dos dois cemitérios públicos da cidade. A medida já está valendo desde o último dia 12 de abril.

O documento, de número 9.179, assinado pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi, estabelece novos dispositivos na lei municipal 5.279/1988, que trata da manutenção dos cemitérios municipais. Foram incluídos três itens que estabelecem que os vasos utilizados nos jazigos não deverão estar envoltos em plástico ou ter acúmulo de água, e todos os objetos que não estejam de acordo com as determinações poderão ser retirados pela administração municipal, sem qualquer tipo de cobrança ou penalidade às famílias responsáveis pelas sepulturas.

O objetivo é evitar que esses recipientes possam servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, e garantir a segurança sanitária de funcionários, de visitantes e da comunidade que vive no entorno dos cemitérios municipais São Sebastião, na área central, e São João Batista, na região do Raffo.

Segundo a secretária de Administração de Suzano, Cíntia Renata Lira, a medida dá legitimidade à ação quando for executada. “Com o decreto, nossos agentes podem ter uma postura mais ativa em um assunto de grande importância para a área da saúde pública, tendo em vista os casos endêmicos que aconteceram no Estado de São Paulo e no País nos últimos anos. A iniciativa tem como foco o bem-estar de toda a comunidade”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui