Estabelecimentos devem garantir atendimento prioritário a autista

0
184

Os estabelecimentos públicos e privados de Arujá que realizam atendimento ao público devem garantir prioridade aos autistas, conforme assegura a Lei Municipal 3.09, de 15 de junho de 2018, de autoria do vereador Sebastião Vieira de Lira, o Paraíba Car.

         A legislação vale para supermercados, bancos, farmácias, bares e restaurantes, entre outros, e obriga a instalação de placa informativa que conste o símbolo universal do autismo, a chamada “fita quebra-cabeça”.

         TEA

         O objetivo da lei é dar visibilidade e conscientizar sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), que engloba diferentes síndromes marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico com três características fundamentais, que podem manifestar-se em conjunto ou isoladamente: dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem e no uso da imaginação para lidar com jogos simbólicos, dificuldade de socialização e padrão de comportamento restritivo e repetitivo.

         O TEA pode ser classificado em autismo clássico, de alto desempenho e de distúrbio global do desenvolvimento sem outra especificação.

         A lei está disponível na íntegra no site da Prefeitura de Arujá: www.prefeituradearuja.sp.gov.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui