Fundo Social entrega kits com roupas no Albergue Municipal

0
41
Andressa Lopes fez questão de conversar com cada um dos presentes e levou motivação para àqueles que estão passando por situação de vulnerabilidade
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Poá, Andressa Lopes e o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Edevaldo Gonçalves, visitaram o Albergue Municipal para entrega de kits com peças de roupas.
Foram entregues aproximadamente 30 kits para o público atendido no Albergue. A primeira-dama Andressa Lopes fez questão de conversar com cada um dos presentes e levou motivação para àqueles que estão passando por situação de vulnerabilidade.
“O que estamos fazendo hoje é pouco, mas temos a certeza que nosso ato pode trazer esperança a estas pessoas que estão passando por um momento tão delicado em suas vidas”, declarou Andressa Lopes.
De acordo com o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Edevaldo Gonçalves, a orientação é para que  todos que procuram o Albergue Municipal sejam tratados com muito carinho e respeito. “Este momento, para estas pessoas, tem de ser revigorante e ao mesmo tempo uma ação que devolva a esperança de dias melhores”, enfatizou.
Atendimento no Albergue
Em razão das baixas temperaturas nos últimos dias houve uma procura maior pelo serviço de abrigo no município de Poá pela população em situação de rua, calculando um aumento de 30%.
Atualmente a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social vem executando o acolhimento de pessoas em situação de rua no Albergue, a qual é uma unidade pública que presta atendimento social a este público, atendendo um número de 30 pessoas, homens e mulheres.
Neste espaço são ofertados o serviço de pernoite, alimentação sendo café da manhã e jantar, pois durante o dia, a maioria não permanece. O equipamento também conta com uma equipe de suporte e um profissional técnico o qual realiza atendimento e acompanhamento das pessoas em situação de rua, facilitando a conquista de documentos pessoais, a inclusão em programas sociais, o acesso ao mercado de trabalho, bem como, quando possível a reinserção familiar ou retorno a cidade de origem.
“Estamos nos empenhando, e vamos somar parcerias com outros segmentos, inclusive com a população para melhorar cada vez mais o serviço”, disse o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Edevaldo Gonçalves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui