Itaquá capacita cerca de 220 pessoas com o programa “São Paulo Solidário”

0
116

Cerca de 220 alunos se formaram nesta quarta-feira, dia 21, pelo programa “São Paulo Solidário”.  A solenidade da entrega de certificados foi realizada no Centro Esportivo Municipal de Itaquaquecetuba e contou com a participação da primeira dama e secretária de Desenvolvimento, Joerly Nakashima, a dona Jô, que na oportunidade destacou a parceria da Prefeitura de Itaquaquecetuba (através da Secretária Municipal de Desenvolvimento Social), com o governo do Estado em cursos com foco na geração de renda e empregabilidade.

Durante o evento foram certificados os alunos formados pelas oficinas de corte e costura, manicure, panificação, cabeleireiro e jardinagem. As aulas dessas turmas foram realizadas nos últimos meses na Casa Aberta, Fundo Social de Solidariedade e na Oficina Escola Karina Yamamoto.

De acordo com a secretária o objetivo principal do programa foi fazer com que a família beneficiada, consiga gerar sua renda através dos cursos de empreendedorismo e de geração de renda, e assim se emancipar financeiramente.

Depois de parabenizar os formandos desta manhã, a primeira dama e esposa do prefeito Dr. Mamoru Nakashima enalteceu ainda a iniciativa de um grupo de alunos, que se formou no ano passado e além de já estarem atuando como jardineiros, tem desenvolvido um projeto de conservação ambiental voluntariamente na EMEB Eng. Chiozo Kitakawa.

“Fico muito orgulhosa de ver vocês aproveitando a oportunidade que a gestão municipal vem oferecendo. Mais do que parabéns, desejo que vocês tenham muito sucesso e sigam a profissão que escolheram e que também sigam o exemplo desses três guerreiros, se destaquem e façam mais pelo próximo e pela nossa cidade.” declarou Dona Jô.

O São Paulo Solidário é um programa do Governo do Estado de São Paulo em parceira com a Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba. A iniciativa visa à inclusão produtiva e melhora da qualidade de vida das famílias em situação de vulnerabilidade social.

Em 2017 participaram da formação oferecida pelo programa São Paulo Solidário um total de 530 pessoas aproximadamente. Além da capacitação, os formandos receberam ao final do curso, todo o material necessário para que os beneficiários contemplados com a iniciativa tenham a oportunidade de iniciar o seu próprio negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui