Mogi // Alvorada começa neste sábado

A primeira Alvorada da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes será realizada neste sábado (27/05), com a expectativa de público, por parte da organização, de 2 mil pessoas. A concentração dos devotos...

147 0

A primeira Alvorada da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes será realizada neste sábado (27/05), com a expectativa de público, por parte da organização, de 2 mil pessoas. A concentração dos devotos ocorre a partir das 4h30, em frente ao Império, instalado na Praça Coronel Benedito Almeida, no Centro da Cidade. Pontualmente, às 5 horas, festeiros, capitães de mastro, padres e devotos saem em cortejo, entre orações e cânticos, pelas ruas centrais do entorno da Catedral de Sant´Anna, ponto de chegada dos fiéis.

“A espera da luz do dia que desponta a cada manhã”. A frase do padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, resume bem o significado da Alvorada e sua importância para os devotos do Divino. “É exatamente o processo que se vive no período da festa, a espera da chegada do Espírito Santo, a luz de Cristo, que já não está mais fora de nós, mas que vai habitar dentro de cada um daqueles que se abrem à ação de Deus”, sintetiza o religioso. Para ele, a Alvorada, nesses dias, “nos ajudam a rezar nessa espera que nós fazemos ao longo de nossa estrada de fé”.

As Alvoradas ocorrerão até o dia 4 de junho, com um percurso diferente a cada dia. “A expectativa é sempre boa tanto que a cada ano o número de devotos só aumenta. Este é o momento que se sente como a Alvorada é importante, por meio do comportamento das pessoas que demonstram, de um modo visível, o valor da Fé”, diz a coordenadora da Alvorada, Sylvia Nazar de Abreu, que comanda a equipe, há 11 anos, desde a morte de dona Amália Thereza Manna de Deus.

Durante a Alvorada são invocados os sete dons do Divino [Fortaleza, Ciência, Conselho, Sabedoria, Piedade, Entendimento e Temor de Deus].

Após a caminhada em oração, os devotos são recepcionados com um café, acompanhado de pão com mortadela, e biscoitos, no Salão Paroquial da Catedral de Sant´Anna. Confira no quadro os dados referentes à quantidade de alimentos planejados para serem utilizados nos 9 dias de Café da Alvorada, segundo o coordenador dessa área, José Carlos Nunes Júnior. “A nossa equipe é composta por 42 voluntários. E todo o alimente excedente é doado para instituições carentes”, frisa José Carlos.

Na segunda-feira (29/05), os devotos seguem em procissão até o Cemitério São Salvador, na Vila Oliveira, e na terça-feira (30/05), os fiéis passam pela Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes.


Participe da conversa