Moradores e comerciantes lotam a Câmara durante palestra sobre vizinhança solidária

0
90

Um grande público lotou o auditório da Câmara Municipal na noite de quarta-feira para conhecer um pouco mais sobre o programa “Vizinhança Solidária”, desenvolvido pela Polícia Militar e que foi apresentado com detalhes durante palestra do capitão Rodrigo Fernandes, comandante da 3ª Cia de Polícia de Arujá.

Moradores e comerciantes mostraram total interesse nesta opção que estimula a solidariedade entre vizinhos e que garante uma prevenção mais eficiente em relação às situações de criminalidade, principalmente ao roubo e furto de veículos e residências.

Com a aplicação de vários exemplos práticos, o capitão Rodrigo explicou a importância de cada morador ou cada comerciante estar atento ao que acontece na sua rua e na casa vizinha.

“Isso não é para estimular qualquer tipo de intromissão, mas um cuidado compartilhado, que resulta na sua proteção e também do vizinho” explicou, apresentando também orientações que visam fortalecer a segurança, como evitar locais escuros, se manter dentro do carro na porta de casa, entre outras.

O comandante falou sobre a necessidade de comunicar a polícia, por meio do 190, as movimentações de estranhos na rua, ou mesmo da presença de automóveis desconhecidos, que ficam com aparência de abandono, ou de pessoas de fora que ficam dentro dos carros observando as casas.

Ele também falou sobre a sistemática montada para atender os comerciantes por meio do aplicativo WhatsApp, que permite uma comunicação rápida e eficiente com os policiais e até informações sobre o deslocamento de viaturas.

“É importante que se formem grupos e as informações passadas tanto pelo 190 quanto pelo aplicativo vão dar uma direção para o trabalho policial com uma possibilidade de resultados muito mais rápidos e efetivos” afirmou.

O comandante da 3ª Cia também enalteceu o trabalho realizado pelo Conseg (Conselho Municipal de Segurança) e conclamou todos a participarem das reuniões que acontecem toda primeira quinta-feira do mês. Ele adiantou ao jornal que a Polícia Militar organizará outras reuniões para expandir nos bairros este conceito de Vizinhança Solidária.

Responsabilidade
compartilhada

O prefeito José Luiz Monteiro também prestigiou a palestra e em sua fala enalteceu a importância do programa de Vizinhança Solidária.
“Esta noção de responsabilidade compartilhada, que cada cidadão tem para com sua comunidade e para com a cidade, é que vai nos ajudar a melhorar as condições de segurança, pois é impossível, não só a Arujá, como a qualquer cidade do Brasil, manter um policial ou guarda municipal em cada rua. Não se trata de uma ação de denuncismo, mas sim de algumas precauções que visam o bem estar da coletividade. Tenho certeza de que trará resultados positivos”, disse.

Além do prefeito, vários vereadores estiveram presentes ao evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui