Município de Suzano adere ao Programa SP Amigo do Idoso

0
21

Nesta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, município de Suzano assinou o Termo de Adesão ao Programa São Paulo Amigo do Idoso. O objetivo é ampliar políticas públicas e melhorar a qualidade de vida da pessoa idosa na cidade. A assinatura ocorreu no Palácio dos Bandeirantes e teve a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, e do prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi.

O município se compromete a realizar ações previstas, para conquistar os selos Inicial, Intermediário e Pleno. O Selo Amigo do Idoso estimula os municípios e organizações da sociedade civil a implantarem ações referenciadas pelo programa. As ações envolvem criação do Conselho Municipal do Idoso, realização de diagnósticos, atualização do cadastro no CadÚnico, prevenção de quedas, entre outras.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, o Governo de São Paulo tem investido na ampliação da rede de proteção social destinada ao atendimento da população idosa e suas famílias. “Suzano trabalhará junto com o Governo Estadual na implementação de boas práticas públicas voltadas aos idosos. Devemos apostar no envelhecimento ativo, respeitar e garantir os direitos dos idosos”.

O Programa São Paulo Amigo do Idoso, criado em 2012, envolve 11 secretarias estaduais e o Fundo Social de Solidariedade, que buscam desenvolver projetos, implementar programas e ações voltadas a população idosa. Atualmente, 642 municípios aderiram ao programa e, destes, 245 conquistaram o Selo Inicial.

O Estado de São Paulo conta com 55 Centros Dia do Idoso, destinados a idosos semidependentes, além de 251 Centros de Convivência do Idoso (CCIs), que oferecem serviços para idosos independentes.

Além disso, o Governo de São Paulo, por meio do Conselho Estadual do Idoso (CEI), realizou o Edital do Idoso de 2016. Foram classificados 46 projetos, sendo 31 de Organizações da Sociedade Civil – OSC e 15 projetos de Prefeituras Municipais que serão financiados pelo Fundo Estadual do Idoso (FEI).

Foram contemplados projetos que viabilizam em seus municípios a formação e capacitação de Conselheiros Estaduais e Municipais, a inclusão digital das pessoas idosas, a inserção, permanência ou reinserção da população idosa nomercado de trabalho, o mapeamento para o enfrentamento e erradicação de violência contra o idoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui