Início Guarulhos Orquestra Jovem abre processo seletivo para novos instrumentistas nesta quinta-feira

Orquestra Jovem abre processo seletivo para novos instrumentistas nesta quinta-feira

0
21

Entre os dias 8 e 23 de março, jovens instrumentistas que sempre sonharam em fazer parte do corpo artístico da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos podem se inscrever para o Processo Seletivo 2018. Além de atender à demanda por novos músicos e fomentar a participação de jovens a partir dos 14 anos, a iniciativa serve como modo de reavaliação dos músicos que já fazem parte da OJMG.

O processo envolve todos os naipes da orquestra. As provas acontecem entre 26 de março e 3 de abril, no Centro Municipal de Educação e Artes – CEMEAR (Rua Abílio Ramos, 122 – Macedo). Os horários das provas de cada instrumento serão divulgados por e-mail diretamente para os inscritos.

Para garantir o sucesso da participação no processo, é recomendado ao candidato a leitura de informações disponíveis no endereço http://blogojmg.blogspot.com.br. Cabe ainda ao candidato a responsabilidade de verificar a divulgação dos horários das provas e estar presente pelo menos 30 minutos antes do horário estabelecido.

A Orquestra

Criada em dezembro de 2003, a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos é corpo estável do Conservatório Municipal, ligado à Secretaria de Cultura do município. Todas as suas atividades visam ao aprimoramento e à profissionalização de seus jovens instrumentistas.

O grupo elabora programas mensais e realiza concertos dentro e fora da cidade, colaborando com o aperfeiçoamento e favorecendo o contato com grandes solistas, divulgando a melhor música de concerto. Para esses programas, são selecionadas peças de diferentes períodos da história da música, dentre obras-primas consagradas e novas, tanto de compositores nacionais como de estrangeiros, cuja dificuldade técnica seja compatível com o alto nível alcançado pelo conjunto.

Nos últimos anos, a Orquestra Jovem tem se apresentado com grandes solistas convidados e conjuntos de música instrumental e vocal, como o Núcleo Hespérides Música das Américas, o grupo Mawaca, o Coral do Estado de São Paulo, entre outros. Em 2010 executaram obras de alto nível técnico acompanhando os mestres do violino Robert Bokor, da Sérvia, e o brasileiro Claudio Cruz, da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP).

Assessoria de imprensa

Carla Maio – 2475-7342

06/03/2018

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui

Pular para a barra de ferramentas