Poá terá Programa Esporte e Cidadania para oferecer diversas modalidades esportivas

0
13
Objetivo do programa esportivo é contribuir para a formação do cidadão e também favorecer o desenvolvimento da comunidade
O prefeito Gian Lopes assinou na tarde de hoje (13) um termo de colaboração com a Comunidade Kolping São Francisco de Guaianases, para realização do Programa Esporte e Cidadania, que vai oferecer a prática de modalidades esportivas em dez pontos da cidade. Os secretários de Cultura e Esportes, Mário Sumirê, de Turismo, Luiz Antonio Soares de Oliveira, o Tonho de Calmon e os vereadores David de Araujo Campos, o Tio Deivão e Lazaro Borges, entre outras pessoas, acompanharam a assinatura.
As atividades atenderão pessoas de idades variadas e segundo o prefeito Gian Lopes, o objetivo é contribuir para a formação do cidadão e também favorecer o desenvolvimento da comunidade. “Com esse programa esportivo temos a oportunidade de oferecer práticas esportivas e contribuir para a melhoria das capacidades físicas e habilidades motoras, além de melhorar a qualidade de vida dos participantes. É necessário acrescentar que o acesso ao Esporte também é uma forma de diminuir a exposição dos nossos jovens aos riscos sociais e tenho certeza que em breve essa nossa iniciativa será referência no Alto Tietê”.
O Programa Esporte e Cidadania será realizado nos seguintes equipamentos: Ginásio de Esportes Américo Franco (Fonte Áurea); Cantinho da Melhor Idade; Centro de Artes Marciais; Skate Park; Praça dos Eventos; Clube de Xadrez; Complexo Esportivo Dailson Souza de Brito (Vila Pereta); Centro Esportivo Killiam Burguer (Bosque da Nova Poá); Centro Esportivo Antonio Sanches (Vila Monteiro); e Complexo Esportivo Renato Barbieri (Calmon Viana).
De acordo com o secretário de Cultura e Esportes, Mário Sumirê, o gerenciamento e execução do Programa Esporte e Cidadania contempla o desenvolvimento de atividades individuais e em grupos nas seguintes modalidades: futebol de campo, ginástica, handebol, jiu-jitsu, judô, skate, basquete, xadrez, zumba, dança circular, exercícios físicos terapêuticos para Terceira Idade, além de promover a participação dos atletas e equipes em competições.
“Este programa tem o objetivo de ampliar a oferta de modalidades esportivas na cidade e assim oferecer à população a oportunidade de participar de atividades para fomentar a prática esportiva, a melhoria da saúde e qualidade de vida, aprimorar a integração entre diversas faixas etárias, descobrir novos talentos, além de possibilitar a reconstrução de vínculos”, acrescentou Sumirê.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui