Prefeitura de Itaquá intensifica campanha contra DSTs no Carnaval

Durante os dias de folia do Carnaval, a Prefeitura de Itaquaquecetuba vai reforçar a distribuição de preservativos da campanha “Mulheres contra Aids” no município. A ação consiste na distribuição gratuita, e em grande escala de...

33 0

Durante os dias de folia do Carnaval, a Prefeitura de Itaquaquecetuba vai reforçar a distribuição de preservativos da campanha “Mulheres contra Aids” no município. A ação consiste na distribuição gratuita, e em grande escala de “camisinhas” masculinas e femininas, por meio de um display colocado em pontos estratégicos da cidade.

A campanha é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde – através da Vigilância Epidemiológica, do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e do Serviço de Assistência Especializado em HIV/DST/AIDS-, e que visa à prevenção e o combate a doenças sexualmente transmissíveis.

O display já pode ser encontrado desde segunda-feira, dia 5 de fevereiro, na Estação Itaquaquecetuba, onde deve permanecer até o dia 2 de abril. Durante os dias de folia do Carnaval (09 a 13/02) a distribuição será intensificada. A ação faz parte de uma parceria com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Da Estação de Itaquaquecetuba, o equipamento será levado no dia 3 de abril para a Estação Manoel Feio. No dia 5 de junho, a Estação Aracaré recebe a campanha de combate as DSTs. A previsão da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres é distribuir nestes pontos aproximadamente 220 mil preservativos (feminino, masculino e gel lubrificante).

De acordo com a primeira dama e secretária de Políticas para Mulheres, Joerly Nakashima (Dona Jô), a campanha “Mulheres contra Aids” se trata de uma estratégia adotada pela gestão municipal comandada pelo prefeito Dr. Mamoru Nakashima para oferecer proteção para homens e mulheres fora dos serviços de saúde. Além disso, a escolha do tema está relacionada à importância da mulher no enfrentamento de todas as DSTs.

 “O display será abastecido com frequência nos dias de Carnaval. Nossa intenção é garantir que os homens e as mulheres da nossa cidade possam aproveitar essa tradicional festa brasileira se prevenindo do risco de ser contaminado por alguma doença sexualmente transmissível”, afirmou a secretária Dona Jô.

Ainda no primeiro semestre, os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e a Casa Aberta também irão aderir às ações preventivas da campanha e orientar os seus usuários sobre o tema.

SERVIÇO A Secretaria Municipal de Saúde também realiza o trabalho preventivo em todos os equipamentos pertencentes à Rede de Atenção Básica. São eles: Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Saúde da Família (USF), Serviço de Assistência Especializada (SAE), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Centro de Saúde (CS) 24 horas.

Todos esses equipamentos disponibilizam testes rápidos e convencionais de HIV, Sífilis e Hepatite B e C. O resultado sai na hora e em caso de diagnóstico positivo, o paciente é encaminhado para o SAE (localizado na Rua Duque de Caxias n.º 187 – Centro -telefone: 4640-3240).


Participe da conversa