Primeira dama de Itaquá apresenta projetos sociais para padre da cidade

0
74

Nesta terça-feira (13 de junho), a primeira dama e secretária municipal de Desenvolvimento Social, Joerly Nakashima levou o padre Lázaro Teodoro Mendes, da Paróquia Cristo Redentor, para conhecer os projetos sociais desenvolvidos no município através da Prefeitura de Itaquaquecetuba. O encontro teve como objetivo integrar o religioso aos serviços oferecidos pela gestão municipal na área social.

A secretária recebeu o padre logo no inicio da manhã, no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Recanto Mônica. Na oportunidade, ele conheceu parte da equipe do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e o trabalho de geração de renda proposto com a oficina de Padaria Artesanal, que é realizado no espaço para as famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social, não só da comunidade local, como também dos bairros adjacentes.

“Fiquei muito feliz do padre Lazaro ter aceitado o convite para conhecer o trabalho que realizamos, tendo em vista que ele tem uma atuação importante com a comunidade do Jardim Caiuby”, comentou a primeira dama.

Na sequência, a secretária e o padre participaram de uma das ações sociais de entrega de roupas da Campanha do Agasalho 2017. A mobilização social comandada pelo Fundo Social de Solidariedade aconteceu novamente no Conjunto Pinheirinho, no Jardim Caiuby.

Ainda pela manhã, o padre conheceu o trabalho desenvolvido para atender as pessoas em situação de rua do município, feito em parceria com a Comunidade Católica Missão Jesus Cristo Acolhedor (CCAMJA), onde atualmente são acolhidas provisoriamente as pessoas que não tem para onde ir.

Depois da casa de acolhimento do CCAMJA, a secretária de Desenvolvimento e o religioso partiram para a Casa Aberta, espaço que gestão municipal usufrui para oferecer aulas de pintura em tecido, cabeleireiro, panificação, manicure, entre outras oficinas de geração de renda para jovens e adultos, por meio de um convênio com a Associação Espírita Kardecista de Itaquaquecetuba (AEKI).

Após o almoço, a visita se estendeu para o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), órgão responsável pelo serviço especializado e continuado a famílias e indivíduos (crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos, mulheres), em situação de ameaça ou violação de direitos.

O tour foi encerrado no Fundo Social de Solidariedade com a presidente Joerly apresentando as ações e atendimentos às famílias em situação de vulnerabilidade, que o órgão realiza. Joerly falou um pouco sobre a Campanha do Agasalho e os projetos de geração de renda, as doações de roupas, mantimentos, cadeiras de rodas e óculos que já foram feitos, entre outras iniciativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui