Secretária de Desenvolvimento Social se encontra com funcionários das UBSs do Jardim Odete e Recanto Mônica

0
115

Durante esta semana, a chefe da pasta, Joerly Nakashima esteve em outras unidades de saúde que se destacaram em acompanhamento das famílias beneficiárias do Bolsa Família

A secretária municipal de Desenvolvimento Social de Itaquaquecetuba, Joerly Nakashima, a dona Jô, esteve na manhã desta quarta-feira (04/04) em mais duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – a do Jardim Odete e Recanto Mônica para encontro de reconhecimento pelo trabalho realizado com as famílias que são beneficiárias do programa Bolsa Família.

A equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social tem ido durante esta semana aos postos de saúde, que durante o ano de 2017 conseguiram alcançar números importantes de acompanhamento dessas famílias. Este tipo de trabalho consiste em pesagem e imunização das crianças, na parte que compete a Saúde, sendo estas condicionalidades do programa.

De acordo com a pasta o trabalho em conjunto – Secretarias de Desenvolvimento Social, Saúde e Educação tem contribuído para que a informação da importância do acompanhamento chegue até essas famílias, que ao todo são 18.762. Também é feito a convocação por intermédio escolar, através de comunicados que informam a necessidade de procurar um posto de saúde. A frequência escolar é outra condicionalidade.

A UBS do Jardim Odete ficou em terceiro lugar entre as Unidades Básicas de Saúde, com média anual em acompanhamento referente a 2017 de 59,75. Já a UBS do Recanto Mônica obteve reconhecimento na categoria ‘destaque’

As demais unidades que obtiveram resultados expressivos e que também receberam a visita da equipe de Desenvolvimento Social, são: Jardim Maragogipe (67,29 – 1º lugar); Jardim Caiuby (66,32 – 2º lugar), e as Unidades de Saúde da Família (USF) Jardim América (média anual – 80,36 – 1º lugar) e Pequeno Coração (média anual- 71,63 – 2º lugar).

“Estão todos de parabéns pelo empenho e carinho que vocês têm com os pacientes. Pela busca ativa pelas famílias para que elas saibam da importância do acompanhamento na área da saúde”, disse a secretária Joerly, a dona Jô.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui