Sem água, moradores do Retiro reivindicam intervenção de Laranjeira

0
188

Sem água em quase todos os dias da semana, moradores do bairro do Retiro pediram a intervenção do vereador Rafael Santos Laranjeira (PSB), o Rafael Laranjeira, junto à Prefeitura de Arujá na expectativa de conseguirem uma solução definitiva para o problema. Eles reclamam que o abastecimento – feito por meio de caminhão-pipa – é insuficiente para garantir que as caixas d’água das residências permaneçam cheias. “Chegamos a ficar de três a quatro dias sem água”, contou a dona de casa Helenice do Nascimento. Segundo ela, a situação é bem diferente para quem mora na parte mais baixa do bairro. “Ali o pessoal até lava calçada enquanto a gente aqui não tem água nem para beber”.

O ajudante geral Sérgio Leandro da Silva disse que só tem água mesmo uma vez por semana. “Aí temos de administrar, para não ficarmos sem nos outros dias”, explicou. Ele é morador da Viela 3.

Com a chegada de mais pessoas, Laranjeira acabou improvisando uma reunião na rua mesmo e ali, além das reclamações em relação à falta de água, também tomou conhecimento das dificuldades com a manutenção das ruas, a falta de iluminação e as condições precárias da área de lazer. Ele esteve no bairro na quinta-feira (13/4).

O Retiro fica na divisa entre os municípios de Arujá e Santa Isabel, o que também dificulta o atendimento das demandas.

Laranjeira foi bastante objetivo com a população. “Nossa prioridade será acionar a Prefeitura para regularizar o abastecimento de água, pois esse é um direito universal e precisa ser garantido”, salientou. Ele disse que também irá buscar solução para as outras necessidades do bairro, mas de forma paulatina.

Ainda assim, a pedido dos moradores, o vereador visitou o ponto mais alto do bairro onde estão instaladas a caixa d’água, o parquinho e a quadra. A área está com bastante mato e os brinquedos com diversas avarias.

Na tarde de segunda-feira (16/4), Laranjeira foi informado pela Prefeitura que o fornecimento de água havia sido normalizado. O parlamentar garantiu, no entanto, que continuará a monitorar a situação bairro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui