“Tucanos não querem enxergar fenômeno Bolsonaro”, diz cientista político

0
29

O cientista político Celso de Barros afirmou ao jornal Valor Ecômico que, sem Lula na disputa, a candidatura de Jair Bolsonaro à presidência segue fortalecida para 218. Ele criticou a postura do PSDB, que estaria “subestimando a força Bolsonaro”.

“Se Lula não for candidato, não tem favorito na esquerda. O cenário ficará muito fragmentado, com muitas candidaturas. O Bolsonaro pode ir ao segundo turno, e se enfrentar um candidato com discurso muito à esquerda, ele tem chance”, disse Celso de Barros.

Segundo o cientista político, “o segundo turno é feito para o radical perder, mas Bolsonaro não é um candidato inofensivo”. “Os tucanos subestimam muito Bolsonaro, dizem que ele vai murchar, mas acho que ele vai crescer”, analisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui