Vereadores participam de coleta de assinatura para ajudar Institutos de Nefrologia de Mogi e Suzano

Os vereadores Max Eleno Benedito (PRP), o Max do Futebol, e José Silva de Oliveira (PMDB), o Zé Lagoa, participaram na manhã de hoje (3) da coleta de assinaturas do abaixo-assinado em prol dos Institutos...

77 0

Os vereadores Max Eleno Benedito (PRP), o Max do Futebol, e José Silva de Oliveira (PMDB), o Zé Lagoa, participaram na manhã de hoje (3) da coleta de assinaturas do abaixo-assinado em prol dos Institutos de Nefrologia de Mogi das Cruzes e Suzano.

A ação é comandada pela Associação de Renais Crônicos do Alto Tietê (Arcat) e já conta com aproximadamente 20 mil assinaturas.

O objetivo do grupo é enviar o documento ao Ministério da Saúde, para sensibilizar o governo federal sobre a crítica crise financeira que os Institutos enfrentam atualmente.

Estas duas unidades podem encerrar os atendimentos a 500 pacientes caso não haja a atualização do valor repassado pelo Ministério da Saúde para as sessões de hemodiálise. A verba repassada às clínicas para atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) é de R$ 194 por paciente e o custo seria muito maior que isso, podendo chegar até R$ 300 por pessoa.

O vereador Max explicou que fez questão de aderir ao abaixo-assinado porque compreende que a causa é mais do que justa. “Estamos falando em vidas. Não podemos só ficar no discurso. Todos têm que ajudar”, falou.

É a mesma opinião do parlamentar Zé Lagoa. “Em junho a Câmara recebeu integrantes da Arcat e alguns pacientes que nos explicaram essa situação. Faremos de tudo para apoiar essa luta”, comentou.

Assinaturas

Os integrantes da Arcat estão com o abaixo-assinado toda terça e quinta-feira, das 8 às 14 horas, no acesso à estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de Suzano. O grupo também estará na Festa Nordestina, que acontecerá no Parque Municipal “Max Feffer”, entre os dias 10 e 12 de agosto.

Moção

O vereador Max do Futebol é autor de uma moção de apelo que foi aprovada por unanimidade dos vereadores em junho que foi encaminhada ao presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB), solicitando atenção aos Institutos. Além de Temer, também receberam o documento da Casa de Leis suzanense o ministro da Saúde, Ricardo Barros; o secretário de Saúde, Luis Claudio Rocha Guillaumon e o prefeito, Rodrigo Ashiuchi (PR).


Participe da conversa