JORNAL DE ARUJÁ

 

João Vitor Machado coleciona inúmeras conquistas no esporte e é Destaque Técnico

Aos 35 anos o professor de Canoagem, João Vitor Machado acumula anos de experiência no esporte, tendo atuado por 12 anos como atleta da Seleção Brasileira de Canoagem. Por todas as suas conquistas no esporte, em fevereiro deste ano João recebeu o prêmio de Destaque Técnico do prêmio “Medalha de Honra ao Mérito Esportivo 2019”.

João Vitor cresceu nas corredeiras do Rio Cinzas, no município de Tomazina, no Paraná. Foi na infância que ele adquiriu o prazer pelos esportes aquáticos se tornando mais tarde Campeão Brasileiro e Pan-americano de Canoagem.

Graduado em Fisioterapia e Educação Física e Pós Graduado em Docência do Ensino Superior, João Vitor Machado foi atleta da seleção Brasileira por 12 anos e resolveu encerrar a carreira como atleta em 2014, passando a atuar como treinador. Atualmente, em paralelo às aulas na Prefeitura de Guararema, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, ele participa de um projeto de identificação de talentos junto à Federação Internacional, cujo trabalho é desenvolver a Canoagem Slalom pelo mundo em países sem muita tradição na modalidade.

Durante poucos anos treinando jovens em Guararema, João Vitor já vê muito progresso dos alunos e até mesmo joias que já são vistas como promessas da modalidade.
“Em poucos anos, nossos atletas já se destacam por onde passam, já tivemos muitas conquistas estaduais e nacionais e colocamos um atleta na Seleção Brasileira de Caiaque Polo, uma modalidade que também praticamos em nosso projeto”, disse.

Segundo João, os benefícios da prática da Canoagem são muitos, além do privilégio de ser praticada em meio à natureza. “Nosso esporte desenvolve habilidades físicas, mentais, muita consciência corporal, raciocínios rápidos, temos que decidir estratégias para quais caminhos serão os mais rápidos, memorização, muita concentração, sem falar dos aspectos sociais e culturais envolvidos”, disse.
João Vitor citou ainda suas realizações pessoais desde que começou a praticar a modalidade.
“Graças a Canoagem eu pude conhecer o mundo, outros idiomas, pude estudar, trabalhar e conhecer pessoas que hoje são fundamentais em minha vida”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui