Os estudantes de 1º ao 5º ano da Escola Municipal Paulo Freire surpreenderam a comunidade, no último sábado, com a realização de uma programação com foco no empreendedorismo. Em parceria com a Equipe do Sebrae Aqui eles realizaram uma feira para comercializar produtos que escolheram e que em alguns casos eles próprios produziram e tudo isso observando um cronograma de planejamento e execução e divisão de tarefas.

                A feira contou com diversos produtos, como ervas medicinais e próprias para condimentos, produzidas pelos alunos, alimentação, locação de brinquedos, jogos e até baladinha, entre outros itens, tudo comercializado com sucesso e resultando aos pequenos estudantes uma noção importante de como planejar, produzir e vender.

                A diretora, Dagmar Veronez, não escondia seu orgulho e satisfação com o evento em que sua escola foi pioneira. “A Princípio pensamos que seria uma atividade simples, só para se ter uma noção, mas os alunos se entusiasmaram e os pais abraçaram a causa, colaborando com os materiais que solicitamos. Os professores também se empenharam bastante com a equipe do Sebrae e o resultado surpreendeu”, disse.

                Camila Costa, coordenadora pedagógica da EM Paulo Freire enfatizou que os alunos trabalharam como pequenos empreendedores, planejando, executando e sempre atento aos prazos. “O valor arrecadado com as venda dos produtos será empregado num projeto escolhido por eles. Vamos discutir em sala de aula se o ideal será comprar alguma coisa que possam utilizar na escola ou se querem fazer uma festinha de final de ano. Nós somos muito gratos aos pais, que nos ajudaram muito, à equipe do Sebrae e ao secretário Julio do Kaikan por esta parceria”, disse.

                Currículo

                Não menos entusiasmado, o secretário de Desenvolvimento Econômico Julio do Kaikan prestigiou a atividade na EM Paulo freire e vibrou ao ver que praticamente todos os produtos foram comercializados.

  “Esta atividade faz parte do Jovens Empreendedores Primeiros Passos, que é um curso do Sebrae para fomentar entre crianças de 1º ao 5º ano uma visão empreendedora. O objetivo é incentivar as crianças a buscar autoconhecimento, novas aprendizagens e também a desenvolver um espírito de coletividade, passando a entender o ciclo da produtividade em que todos nós como cidadãos temos funções, temos um trabalho a executar e que a função exercida por cada um é importante para a sociedade como um todo”, disse.

                Julio adiantou que graças a este trabalho pioneiro, o prefeito Zé Luiz Monteiro assinou recentemente um decreto para que todas as escolas da rede, de primeiro ao quinto anos venham a ser contempladas com esta atividade do Sebrae. “A Escola Paulo freire foi o nosso piloto, se saiu muito bem, e a partir do ano que vem outras escolas estarão participando desta parceria”, e parabenizou a Escola Paulo Freire pelo incrível evento que organizaram, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui