A Secretaria de Segurança Pública de Arujá estendeu nesta quarta-feira (18/09) a função “Botão do Pânico” do aplicativo 153 Cidadão, da Guarda Civil, a servidores das Secretarias Municipais de Saúde e Esportes e Lazer, além da Estação Cidadania, do Jardim Cerejeiras.      Na semana passada a novidade foi implantada com os gestores das 39 escolas e creches municipais.

        Na prática, a medida dá prioridade ao atendimento de qualquer ocorrência disparada pelos smartphones ou tablets destas pessoas. O alerta é feito com apenas três cliques no aplicativo e chega na Central Integrada de Monitoramento da Guarda Municipal por meio de uma sirene. Ao recebê-lo, os guardas municipais têm acesso imediato à localização e ao cadastro do responsável pela ocorrência.

       O prefeito José Luiz Monteiro participou da apresentação do aplicativo, lembrou dos investimentos feitos na Guarda desde 2017 e destacou tanto a criação da Secretaria de Segurança Pública quanto a autonomia para o desenvolvimento de ações.

         “Vejam a agilidade que isso vai trazer para atender algum problema dentro do espaço em que vocês trabalham. É uma ferramenta para o bem e a segurança de todos nós e parabenizo a Secretaria e a Guarda por esta iniciativa”, afirmou.

       O secretário de Segurança Pública, Carlos Roberto Vissechi, ressaltou a rapidez no atendimento das chamadas. “Cada segundo é fundamental e pode salvar uma vida. Por isso, o aplicativo foi desenvolvido e vocês, que trabalham com atendimento ao público, têm acesso ao Botão do Pânico. Dependendo do local em que estiverem, uma viatura terá condições de chegar em dois ou três minutos”, explicou.

         APP

          Até a manhã desta quarta-feira, o aplicativo era utilizado em 470 dispositivos móveis da cidade. A ferramenta foi lançada em dezembro de 2018 e está disponível para  os sistemas operacionais IOS e Android.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui