Caminhadas e teatro alertam sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

0
175
Alertar e provocar reflexões sobre o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Este é o objetivo da caminhada promovida nesta quinta-feira (16/05) pelas Secretarias Municipais de Assistência Social e Educação e que levou aproximadamente 250 estudantes às ruas do centro de Arujá.
Os alunos das Escolas Municipais Dalila Franco Garcia e Sidônia Nasser do Prado carregaram balões com a data 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças Adolescentes, e o número de denúncias Disk 100. O tema foi trabalhado em todas as escolas municipais e nos serviços da Assistência Social.
“No CRAS e CREAS trabalhamos com o atendimento às vítimas de abuso e essa caminhada tem o objetivo de conscientizar a sociedade sobre esse crime, para que não ocorra”, afirma a diretora de Departamento e coordenadora do Centro de Referência Especializado em Assistência Social, Neusa Parrillo.
A caminhada saiu da Rua Rodrigues Alves, em frente à Câmara e Igreja Matriz, e terminou na Praça do Coreto, passando pela Rua Major Benjamim Franco, Avenida João Manoel e Ruas José Basílio de Alvarenga e Prudente de Morais. Contou com o apoio do Departamento de Trânsito, da Guarda Municipal e do carro de som da Secretaria de Saúde, que circulou fazendo alertas sobre a importância da denúncia ao Disk 100 ou ao Conselho Tutelar, além da Elite Cívica, que carregou uma faixa alusiva ao 18 de maio.
Na chegada, as crianças assistiram apresentações dos corais do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente Central e do Centro de Convivência do Idoso. Lulu Santos, Marisa Monte e Ed Motta, Nando Reis e Roberta Campos foram alguns dos artistas cujos sucessos o grupo cantou.
Equipes da Secretaria de Educação, das duas escolas municipais envolvidas, e dos CRASs e CREAS da cidade acompanharam as crianças durante todo o trajeto. “Além de Sidônia e Dalila, que são as unidades centrais, nós orientamos as direções das demais escolas a promoverem caminhadas em seus entornos, para que todas as regiões da cidade fossem abrangidas”, disse Elis Ângela Aparecida Rossi, responsável pelo Núcleo Pedagógico da Secretaria de Educação.
No Mirante também houve uma caminhada na quarta-feira (15).
Teatro
Enquanto o CCCA do Centro participou da caminhada, as crianças e adolescentes das unidades do Mirante e do Parque Rodrigo Barreto puderam assistir ao teatro dos bonecos Pipo e Fifi, na terça-feira (14), em dois períodos, que tratou do tema.
Uma cartilha com informações sobre a data e sua importância também foi utilizada para realização de atividades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui