Em entrevista ao jornal, por telefone, o capitão Rodrigo Fernandes informou que não está mais no comando da 3ª Cia de Polícia Militar de Arujá.  Por determinação do comando do 31º Batalhão, ele trocou de lugar com o capitão Senivaldo, que  era comandante de Cia em Guarulhos  e  que já assumiu em Arujá. “Agora estou comandando em Guarulhos a companhia do capitão Senivaldo, mas quero deixar claro que meu compromisso com Arujá continua e não desistirei da minha pré-candidatura a prefeito”.

O Capitão diz que foi surpreendido com a transferência  já que como foi divulgado, de acordo com estatísticas os números da Secretaria de Estado de Segurança Pública o município vinha reduzindo os índices de criminalidade. “Tecnicamente não havia qualquer motivo para isso, já que temos uma história de resultados e foi justamente por  conta desses resultados e o nosso bom relacionamento coma comunidade que nosso nome passou a ser cotado Para o poder executivo.

Questionado sobre a transferência ser resultado de uma manobra política, o capitão disse que nenhuma explicação lhe foi dada. Ele também mencionou conhecer o trabalho do capitão Senivaldo e diz que, como morador da cidade, acredita no bom trabalho que ele fará. “Ele é um ótimo profissional e o nosso efetivo na 3ª Cia é muito bom, está motivado, então acreditamos que a Polícia Militar continuará defendendo muito bem a cidade”.

Sobre este afastamento da comunidade local, ele enfatiza que como morador continuará mantendo o vínculo. “Além disso, estamos pleiteando afastamento regulamentar e então estaremos reforçando este contato com a cidade e fortalecendo a pré-candidatura”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui