O projeto completo de educação ambiental no ensino fundamental e educação infantil “Ressignificando a Escola”, da EM Bairro da Penhinha, é o vendedor do 6° Prêmio de Educação Ambiental de Arujá. Na categoria individual, o estudante Davi Luis Alves Dias faturou uma bicicleta pela autoria do melhor desenho da premiação.

         Realizada de forma conjunta pelas Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente e o Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema), a ação é parte do programa “Cidade Natureza Formando Cidadãos”, aberto a todas as escolas municipais. Representantes dos três órgãos participaram das entregas da premiação.

         “Nós fazemos questão de conceder o prêmio coletivo, que vai para a unidade, incentivando toda a comunidade escolar, e o individual, que estimula o aluno ganhador e os demais, que enxergam no exemplo do amigo a oportunidade de também ser condecorado no ano seguinte”, explica a secretária de Educação, Priscila Sidorco.

         Projeto

         Atualmente, a EM Bairro da Penhinha atende 243 crianças da educação infantil e do ensino fundamental. De acordo com a diretora Maria Goretti Aguiar Alencar, o projeto ganhador do prêmio deste ano inclui a preservação de um jacarandá de cerca de 70 anos, a separação de lixo e das cascas do projeto de compostagem, um minhocário, horta, criação de uma fossa séptica, entre outras ações.

         “Os alunos estão super envolvidos com o projeto, são responsáveis por fazer pesquisas e tocar as ações. Contamos com a parceria da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Marília e tudo tem sido feito com muito carinho”, explica.

         Além do trabalho na área ambiental, a unidade também foi a escolhida pela Secretaria de Educação para o projeto piloto de ensino em tempo integral, realizado com as turmas dos terceiros, quartos e quintos anos.

         Prêmio

         O objetivo do prêmio de educação ambiental é incentivar a criatividade e participação de todas as unidades escolares no desenvolvimento de projetos e ações educativas, estimulando crianças e jovens, educadores e comunidade escolares a melhorarem suas relações com o meio ambiente e a qualidade de vida, contribuindo para a adoção de comportamentos e hábitos sustentáveis, civilizados e humano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui