Espaço Multifuncional: projeto de Julio do Kaikan ganha apoio de Lucena

0
17

O deputado federal Roberto de Lucena recebeu, no último domingo, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio do Kaikan, para conhecer o projeto que esteve vem buscando  viabilizar para atender a comunidade em diversas finalidades. Trata-se de um espaço multifuncional, a ser implantado junto à quadra de futebol da Asmar, no Centro Residencial, para sediar atividades culturais e esportivas de interesse comunitário.

                O parlamentar, que reside em Arujá, entende, assim como o secretário a importância de se viabilizar esse espaço onde a juventude, a terceira idade, ou mesmo as escolas e entidades possam contar com uma estrutura para a realização de eventos.

                “Dessa vez eu acredito que estamos no caminho certo, porque o projeto do secretário Julio tem em vista uma área que é da própria Prefeitura e está traçado de uma forma realista. No passado tivemos um projeto apresentado, mas que fugia completamente à realidade pois estava orçado  em R$ 18 milhões. Ora, não se consegue, com a situação econômica que vemos desenrolar ao longo dos anos, um recurso como este para um espaço cultural. Mas como o plano do secretário é algo pensado dentro da realidade, eu e Renan meu filho, vamos começar a trabalhar para viabilizar o projeto. Vamos , com muito gosto, iniciar uma parceria para dotar a cidade desse espaço”.

                Lucena pediu ao secretário um planejamento orçamentário e garantiu que irá buscar um caminho para obter recursos junto à Secretaria de Estado da Cultura, ou Secretaria Nacional de Cultura. “A Secretaria Nacional de Cultura está ligada ao Ministério da Cidadania, que possui recursos e que diante de um projeto bem estruturado e de uma realidade orçamentária mais modesta, poderá nos atender”, afirmou.

                Julio do Kaikan saiu do encontro confiante. “Vamos preparar o orçamento para o projeto o mais rápido possível e apresentar ao deputado Lucena, que mostrou enorme boa vontade em nos atender”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui