Festival esportivo em memória do jogador Leandro Piolho levanta fundos para sua Esposa e Filho

0
460

O Estádio Municipal Armando Maiolino sediou no último domingo um festival de futebol que contou com a participação de oito equipes da cidade. O evento teve como objetivo homenagear o jogador Leandro Piolho, do Coroas do Real, que faleceu no dia 25 último, em decorrência de um câncer na garganta que foi recentemente diagnosticado. Outra preocupação da comunidade esportiva foi no sentido de auxiliar a viva de Leandro, que deve dar a luz ao primeiro filho do casal ainda este mês.

                A programação aconteceu entre 9h00 e 15h00, com vários amistosos. Cada equipe participante  entrou com uma doação em dinheiro, totalizando R$ 1.000,00 para que a família possa fazer frente aos gastos com a chegada do bebê.  Além da contribuição por time, foi realizada a rifa de uma bicicleta, doada pela T & B Bikes, cujo valor também seria ofertado à viúva.

                Além dos times, a programação contou com apoio da ONG Doutores do Riso, Souzão secretário de Esportes e dos vereadores Renato Caroba, Paulinho Maiolino e Luiz Fernando.  Caroba destacou na ocasião que o evento refletiu o respeito e a estima de que Leandro desfrutava no meio esportivo.

 “Ele era uma pessoa excepcional, jogou em vários times e, além do seu talento natural para o futebol, era uma pessoa que sabia conquistar a amizade de todos. Hoje estamos vendo que a comunidade quando é convocada à solidariedade ela realmente atende e estamos vendo aqui algo muito bonito que é um futebol solidário, esperamos que o Mateus, filho desse grande jogador queira seguir os passos do pai”, afirmou.

Emocionada, Gabriela, a esposa do jogador falecido, participou da abertura do festival ao lado do seu Pai. Em breve depoimento à reportagem ela disse estar muito agradecida para com todos os organizadores e participantes pela iniciativa de homenagear o esposo e ajudar com a chegada do bebê.

“Foi uma grande perda a que sofremos, mas acredito que o Leandro, onde quer que esteja, está contemplando esse evento e está feliz por esta demonstração de amizade  e de carinho”. Ela informou que neste momento as necessidades dela e da criança estão sendo supridas. “O valor que eles arrecadaram aqui vai nos ajudar com as despesas futuras e tenho fé que nada vai faltar”, disse.

Leandro Piolho, além de bom jogador era também cabeleireiro profissional e chegou a abrir seu próprio salão no Jardim Real, contudo, devido à doença, se viu impedido de trabalhar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui